Não ofereça Modelos 3D Digitais em seu Centro Radiológico. Saiba os porquês.

Web design concept

Veja abaixo os motivos de não aderir a esse conceito de MODELOS 3D DIGITAIS:

  • Porque você vai despertar inveja na concorrência e inveja é um sentimento ruim.
  • Porque é um investimento alto, e gastar dinheiro para obter lucros, é coisa de capitalista desumano.
  • Porque aderir a este novo conceito é ter que aprender coisas novas e ter que sair da zona de conforto. Como diz o carteiro Jaiminho do Chaves: “ É preciso evitar a fadiga”
  • Porque se tiver que ser feito, que seja feito pelas especialidades que precisam do resultado deste exame. Afinal, o meu centro Radiológico não está aqui para ficar pajeando os outros colegas.
  • E outra, essa tecnologia facilita muito a vida de todo mundo, dos funcionários do centro radiológico, dos dentistas e dos pacientes. Pode ser que eles não enxerguem valor com toda essa facilidade, porque é muito menos trabalho. Bom mesmo é suar para fazer o modelo de Gesso. Isso sim, dignifica o nosso trabalho. Já diziam os mais antigos: “A gente ganha o pão com muito suor”

Deixando o campo da ironia e buscando uma apresentação direta das minhas ideias em relação a este tema, é importante compreender que os pensamentos propostos acima, de alguma forma (ou em algum contexto), podem até fazer sentido. Na pluralidade dos pensamentos, há diversos pontos de vista e merecem respeito. Todavia, na dinâmica do pensamento atual de mercado, para um centro radiológico que queira se manter e ter maior destaque onde atua, são totalmente controversos os motivos listados acima. Leia o texto até o final e veja se concorda com o meu ponto de vista.

O conceito DIGITAL entrou com tanta força na odontologia que permitiu diversas especialidades enxergarem sua prática de outras formas e com outros recursos. O modelo 3D digital é fruto deste novo olhar na odontologia. É indiscutível o salto no avanço científico que as tecnologias geradas por este conceito têm proporcionado na prática odontológica. As discussões, entretanto, que geram algumas incertezas, são sobre o aspecto mercadológico deste movimento.

Por ser algo relativamente novo, as diversas especialidades estão aos poucos tateando como cada uma irá atuar diante das novidades que estão surgindo. Algumas trazendo para si novas práticas e outras buscando apóio de outras especialidades que, pelo histórico, poderiam executar melhor determinados recursos.

Refletindo sob o viés do segmento da Radiologia Odontológica, penso que é fundamental os Centros de Radiologia e Documentação Odontológica entrarem “de cabeça” nos Modelos 3D Digitais e tentar, ao máximo, incorporar os serviços relativos a esta nova prática. As clínicas radiológicas não podem se reduzirem a meras executoras de raios-x. Cada vez mais, para continuar sendo relevante junto ao mercado, os centros radiológicos precisam oferecer mais serviço de valor agregado. Oferecendo Diagnóstico e apoio a outras especialidades dentro das novas demandas que vêm surgindo.

Por exemplo, a ortodontia moderna, já tem outra feição. E se os proprietários de radiologias se trancarem em seus mundos, e não olharem para as novas realidades, em pouco tempo serão sucumbidos. Há algumas décadas foi a Ortodontia quem provocou a acessão dos serviços radiológicos no Brasil. Os radiologistas daquela época, tiveram a sensibilidade de enxergar oportunidade naquele movimento e tiveram sucesso. Construíram inclusive uma cultura que concebeu uma demanda de serviços que sustentou e tem sustentado a  radiologia no Brasil.

Agora, com a entrada dos modelos 3D Digital (e todo conceito por trás dele de recursos de setups, alinhadores, planejadores de sorriso, Desenhos de restaurações, etc) é novamente a chance de a radiologia trazer para si essa demanda e se fortalecer como segmento de apoio desta e das outras especialidades.

O uso do modelo Digital, está descortinando uma gama gigante de novas oportunidades de serviços dentro da odontologia. Os centros radiológicos precisam aproveitar essas oportunidades. É preciso que os especialistas em radiologia percebam sua atuação de uma forma mais ampla.

Analisando a etimologia da palavra diagnóstico, pelo latim diagnosticu (dia=”através de, por meio de” + gnosticu=” conhecimento de”), podemos enxergar o conceito com um entendimento mais largo. Através do conhecimento e experiência do profissional de diagnóstico é possível oferecer maior apoio as outras especialidades, ajudando a planejar,  apresentar e alcançar o melhor resultado no final do tratamento.

A música do Lenine, faz uma boa alusão ao que quero expressar, quando digo que o segmento de radiologia, precisa olhar para fora das quatro paredes do seu centro radiológico e entender que este segmento pode ser maior do que ele imagina ser.

“Focado no seu mundo qualquer homem Imagina muito menos do que pode ver
No escuro do seu quarto ignoro o céu lá fora E fica claro que ele não quer perceber” Simples assim – Compositor: Lenine, Dudu Falcão

 

É isso pessoal. Nos tempos atuais, para se manter dentro do contexto de mercado, é preciso olhar como o tempo está lá fora. Não ficar trancado com seus velhos conceitos e pensamentos, imaginando que o mundo se limita a somente o que já está posto. Pelo contrário, há um céu lá fora que nos mostra que o infinito e uma realidade e que o mundo não está parado, ele continua a girar.

Deixe o seu cadastro e receba uma apresentação sobre ideias de novas ofertas de serviço com os modelos 3D digitais. CLIQUE AQUI

JIRRÉS EDMUNDO

Não ofereça Modelos 3D Digitais em seu Centro Radiológico. Saiba os porquês.

2 comentários sobre “Não ofereça Modelos 3D Digitais em seu Centro Radiológico. Saiba os porquês.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s